Olá, tudo bem? Hoje vamos falar sobre fechamento de arquivo!

Quando falamos em fechamento de arquivo, muitas dúvidas surgem na cabeça de quem não está ativamente na área gráfica ou em quem está iniciando nesta área. Mas o fechamento de arquivos nada mais é do que converter o arquivo recebido (.cdr, .ai, .indd etc) em Postscript ou PDF. Mas atenção, pois não é qualquer PDF! Para obter um material de qualidade, a Gráfica Cartex utiliza o PDF/X-1a , que é um tipo de PDF mais leve, onde o processamento é mais rápido e possui menos chances de erros na saída para a gravação das matrizes.

A primeira coisa que precisamos fazer para fechar um arquivo ou enviar o arquivo aberto para que a gráfica faça o fechamento é verificar se tudo está certo através deste check-list:

Em seguida é preciso gerar o arquivo .PS (postscript). Para isso, iniciamos o fechamento pela impressão do material (Ctrl+P). Ao abrir a janela de impressão, escolhemos a impressora e o PPD (PostScript Printer Description). É nesta janela que ajustamos o tamanho do papel, as marcas de registro e de corte, o densitômetro, a barra de calibragem de cor, se será um PDF com separação de cor ou não, a saída de cores, se as matrizes serão espelhadas ou não  e outros itens. É possível também ajustar a qualidade das imagens, fazer montagens (isso dependerá do programa em que o projeto foi feito), fazer a paginação de revistas (isso também dependerá do programa).

Depois de criado o arquivo .PS, distilamos este arquivo para gerar o PDF através do programa Adobe Distiller. Este programa converte o arquivo em PDF/X-1a e garante mais qualidade final na produção das matrizes. Além disso, esse procedimento faz com que alguns erros possam ser verificados antes do arquivo ser enviado ao CTP. Isso gera economia de tempo e dinheiro, uma vez que os possíveis erros são pegos pela pré-impressão.

Tem dúvida de como enviar seu arquivo para a Gráfica Cartex? Entre em contato com o departamento de pré-impressão e acabe com todas elas!

WhatsApp chat