Olá, tudo bem? Hoje eu vim aqui para falar sobre a importância de ter um cardápio bem impresso.

Um bom restaurante merece um cardápio bem impresso. Foto: Unsplash.

Um bom restaurante merece um cardápio bem impresso. Foto: Unsplash.

Você já parou para pensar que algumas coisas custam e outras valem?

Pois é! Ir a um bom restaurante e receber um cardápio mal diagramado ou mal impresso deixa aquela sensação que a experiência ali não será das melhores.

Primeiro, porque é quase impossível decidir o prato a ser pedido quando mal diagramado. E, segundo, porque o inconsciente já alerta que se o cardápio está ruim, o prato poderá estar condizente com a primeira impressão que o cliente teve ali.

É claro que isso não é uma regra, mas a probabilidade disso ocorrer é alta!

 

Como ter um cardápio de qualidade?

A primeira coisa é decidir se o cardápio terá ou não a foto dos pratos.

Quando um prato está ali ilustrado em uma foto bonita e profissional, este prato costuma chamar mais atenção se comparado aos que não possuem fotos. Por isso, se o design contempla imagens, use e abuse de fotos de alta qualidade e profissionais para compor o material.

É muito importante que as fotos sejam profissionais, pois o intuito é justamente chamar a atenção do cliente ao prato, então cada detalhe faz a diferença ali.

O segundo ponto é estabelecer o formato e a quantidade de páginas que este cardápio terá.

Não adianta querer espremer tudo em uma única página se o seu cardápio possui muito itens! Respeite o espaço em branco necessário para obter uma boa leitura!

Inclusive, a forma que o layout é diagramado faz toda a diferença. Por isso, agrupe os itens do mesmo contexto (exemplo: entradas, saladas, carnes, peixes, aves, sobremesas, bebidas, e assim por diante) para facilitar a leitura e a escolha e use um layout que seja atrativo e não deixe o cliente confuso.

Sugerimos sempre o desenvolvimento por profissionais especializados.

Revise bem a digitação, ortografia das palavras e se o item ali descrito está com todos os ingredientes ou se aquela descrição é realmente daquele prato. Não há nada mais desagradável do que pedir um prato e chegar uma comida totalmente diferente do que o cardápio mostrava.

Aliás, as fotos também precisam ser condizentes com o que o restaurante entrega. Não adianta fazer fotos maravilhosas no cardápio e entregar um prato a desejar. O máximo que você conseguirá com isso é um meme de “expectativa X realidade” e afastar de vez este cliente do restaurante.

 

Qual o melhor tipo de acabamento para ter cardápios duráveis?

Cada restaurante possui o seu estilo e, com isso, diversos acabamentos podem ser utilizados para que o cardápio fique com o mesmo estilo que o restaurante possui e quer passar para frente.

Não importa se o cardápio será impresso em apenas uma cor ou colorido. Ou se ele terá uma capa dura ou não.

O que o cliente realmente quer é poder manusear um cardápio em boas condições e que esteja limpo. Não há nada mais desagradável do que estar com o menu sujo e engordurado!

Por isso, a laminação fosca ou brilho é ideal para ser usado neste material. A laminação fosca torna o cardápio mais elegante e a brilho, mais chamativo. No entanto, ambas são ótimas escolhas para trazer maior durabilidade ao material.

 

A cada quanto tempo é necessário trocar o cardápio?

A troca deve ser realizada sempre que os preços sofrerem reajustes ou sempre que o material estiver sujo, amassado ou com qualquer outra característica que o torne menos atrativo.

Se o seu restaurante é pequeno, então é possível fazer uma tiragem menor utilizando os equipamentos de impressão digital (a Gráfica Cartex possui esses equipamentos) para solicitar cardápios sob demanda.

Se o restaurante for grande, então acrescente um percentual a mais na impressão para as reposições no caso de o material se deteriorar (amassar, rasgar, sujar etc).

 

A Gráfica Cartex possui diversas opções para oferecer um cardápio de primeira ao seu estabelecimento. Entre em contato e conheça as opções.

WhatsApp chat